Lamborghini Aventador LP700-4

7 mar


A Lamborghini finalmente lançou o substito do Murciélago. Seu nome? Aventador.

__________________________________________________________________________________________

Legal: Traseira incrível

Desapontou: Frente conservadora, muito parecida com a do Reventón

Em resumo: um sucessor digno do Murciélago

______________________________________________________________________________________________________________

O novo esportivo possui motor V12 com estrondosos 700 cavalos de potência. Aceleração? 0-100 km/h em 2,7 segundos. Já são 120 cavalos a mais em relação ao primeiro Murciélago (2002); e 30 a mais que o último, o LP 670-4 Super Veloce (2011). Os números realmente impressionam.

Mas o desenho não muito. Esperava mais da Lamborghini. Apesar da “cara de bravo” do Aventador, não fiquei nem um pouco surpreso com seus traços (à exceção da traseira). Ele é praticamente um Reventón mais moderno, principalmente na frente. Achei também que o desenho frontal ficou meio sem-graça; entretanto, a traseira está excelente, arrisco dizer que a melhor da história da marca.

O Aventador possui faróis bonitos, discretos. Abaixo, as entradas de ar estão cada vez maiores na Lamborghini. Mais potência significa mais refrigeração para o motor. A frente não traz muitas novidades, mas é bonita.

No perfil, o que mais se destaca é a enorme entrada de ar.

Atrás, vemos uma traseira realmente furiosa. As lanternas estão num formato incrível, e contrastam com as formas angulares e futurísticas das entradas de ar e do escapamento. Excelente composição.

O Aventador não trouxe muitas novidades no desenho, isto é fato. Mas não pense que o novo esportivo é feio. Ele é realmente um Lamborghini. Possui o incofundível caráter de “touro indomável” sempre presente nestas maravilhas italianas.

 

Novidades do Salão de Chicago 2011

12 fev

Mais uma vez, há tantos lançamentos no mercado que acho melhor falar de todos eles em um post só.

Então, vamos começar pelo novo Peugeot 308.

Estava mais do que na hora de reformar o 308, um dos principais carros da marca francesa. A versão antiga tinha linhas erradas e muito exageradas. E também não era muito diferente do antecessor 307. Mas este aqui ficou bastante interessante. Tem desenho com personalidade, bem mais clean que os outros. A grade maior lembra uma boca. Os faróis ficaram muito atraentes, lembrando os Kia. As luzes auxiliares foram bem-resolvidas. A lateral é meio conservadora, eu esperava mais. Pelo menos não há lambanças. A traseira possui um formato da janela muito interessante.

O Peugeot 308 ficou bem legal. Espero que venha para o Brasil.

O novo Ford Focus está genial. OK, você pode estranhar as linhas que cortam o pára-choque,  mas o conjunto ficou muito bom. Os faróis estão muito parecidos com os do 308. Certamente esta é a tendência do mercado. As luzes auxiliares ficaram legais. A grade “cortada” pelas linhas é ousada, mas é sempre bom ousar, se não nada vai pra frente. O perfil ficou “alto”. A linha que contorna as janelas deu força ao desenho. A traseira não está muito diferente do ST. As lanternas estão iguais. O que muda mesmo é o escapamento, que não possui a mesma esportividade, claro.

O Focus foi um bom facelift. Mas vai ter que encarar o igualmente bonito 308.

O novo Camaro ZL1 ficou normal. Desenho sem exageros, e puramente esportivo. A parte superior é a mesma, o que muda mesmo é a grade inferior e as luzes auxiliares. As rodas são invocadas, bem no estilo do Camaro. O capô de fibra de carbono é mais um adereço do ZL1. No perfil, não há diferenças em relação ao SS. Na traseira, as novidades se limitam ao aerofólio, os escapamentos e o logo do ZL1.

O novo Charger está espetacular. Mesmo com um pequeno facelift, a Dodge deixou o carro com uma cara de mau e com um estilo imbatíveis. Observe a grade, como ela interage com o farol. É um dos melhores facelifts que eu já vi. A traseira também ficou muito boa. O novo Charger está, sem dúvidas, mais bonito que o Mustang, o Camaro e o Challenger. Simplesmente está perfeito.

Leu todos os elogios acima para o Charger R/T? Pois é, a Dodge escorregou no desenho da versão SRT8, a mais potente da linha. A frente ficou meio esquisita.Parece que a grade faz um bigode do tipo “xerifão” no carro. A lém disso, eles uniram as grades inferior e superior numa coisa confusa só.  Meus únicos elogios vão para a roda, que ficou boa, e para a traseira, que não vai sofrer mudanças exageradas como na frente.

O novo Pagani Huayra, substituto do Zonda, poderia ter ficado melhor. Não há muitas diferenças entre ele e seu antecessor. Considerando que o Zonda foi lançado nos anos 90, já estava na hora de fazer alguma mudança mais profunda. Mas, no geral, a reforma ficou boa. A traseira ficou parecida com as do Koenigsegg, e ficou bem bonita. Mesmo assim, o Huayra, com seu ar exótico, é um Pagani autêntico.

O Audi A6 ficou muito melhor. Está com ar mais moderno do que na versão anterior. Os faróis ficaram muito bons. O carro lembra muito o A1. A grade ficou muito mais curva, se adaptando ao carro. As rodas e o perfil não trazem muitas novidades, mas estão bons também. Atrás, o carro se parece com o A7, o que é realmente bom.

O novo A6 está bem legal. Vamos agora esperar pelos esportivos S6 e RS6.

O recém reestilizado BMW Série 6 tem uma receita bastante clara: linhas puras, claras, modernas, mas sem nenhuma ousadia. Confesso que me decepcionei um pouco.Prefiria o carro nos tempos de Chris Bangle, designer que causou polêmica na marca alemã. Apesar de desenho discutível, o modelo antigo possuía muito carisma, algo que não vejo neste daqui.

Mesmo assim, o carro ficou realmente bonito. Não há como negar que o conjunto geral está mais moderno.

O SLK, da Mercedes-Benz, usou praticamente a mesma receita do Série 6, apesar de que o BMW é um carro maior. Mas eu acho que o SLK tem mais personalidade. A grade se encaixa melhor, assim como a grade inferior. Os faróis, parecidíssimos com os do Série 6, não têm ousadia, mas estão bem-resolvidos. A traseira é um exemplo típico dos conversíveis.

De todos estes conceitos do Salão, para mim o único que merece algum comentário é o Renault Captur. Ficou realmente interessante, o carro exibe formas espetaculares. Observe a estilosa roda. Realmente, este é um conceito brilhante. Mais um carro com personalidade.

O salão trouxe excelentes novidades para o mercado automotivo.

Prêmio Melhor Design: 2010

24 dez

prêmio melhor design: 2010

bsb car design

 
Estamos no final do ano e é tempo de rever todos os melhores desenhos de 2010. Por isso, indicarei os melhores desenhos de cada categoria, em minha opinião. Não se esqueça que qualquer carro que tenha se destacado em 2010 pode ser eleito aqui, mesmo que não seja um lançamento deste ano (a exceção são os carros-conceitos, lançamentos da indústria que na maioria das vezes não entram em produção).

_________________________________________________________________________________________

Carro-Conceito 2010:

 

Porsche 918 Spyder Concept

 A Porsche, tradicional e uma das mais conhecidas montadoras do mundo, já estava totalmente resolvida. Mesmo assim, viu que precisava comparecer no crescente mercado híbrido e lançou este maravilha,conhecida como 918 Spyder Concept, que conseguiu desbancar o Lamborghini Sesto Elemento e o Hyundai i-Flow na premiação.

Possui um motor V8 a combustão (508 cv) e outros três elétricos (218 cv), somando juntos incríveis mais de 700 cavalos de potência. Aí você pensa que o carro só pode beber para caramba, como todo esportivo potente, mas não: o consumo está em surpreendentes 33 km/litro.

Indo para o desenho, a frente lembra muito o Carrera GT, grande esportivo da Porsche fabricado até 2005. Eu interpreto o 918 como um Carrera mais moderno e, é claro, híbrido. Os faróis são muito bonitos. As entradas d e ar de baixo ajudam muito na boa impressão que se tem quando olhamos o carro. As rodas são muito grandes, e o desenho das calotas ajudam a destacar o seu tamanho. Repare na bonita pinça de freio verde. Há ainda a grande entrada de ar na lateral, que vai acompanhanhado os bancos. Os escapamentos duplos não se localizam na traseira, e sim no perfil, como no Dodge Viper (mas estes aqui estão melhores).

A traseira está de acordo com o desenho da frente. As lanternas traseiras lindíssimas. combinadas às entradas de ar formam um belo conjunto. Achei exagero o contorno verde no “918 Spyder”, mais uma das combinações de cores da Porsche (é para combinar com a pinça de freio), desta vez ficou forçado demais, mas muita gente gostou.

 

 

 

0 918 Spyder é um carro sensacional e maravilhoso, e com certeza pode ser considerado um dos conceitos mais bonitos da década.

 

2º Lugar: Lamborghini Sesto Elemento Concept

 

O novo conceito da Lamborghini possui motor V10 de 600 cv. A carroceria é recortada para eliminar excessos de peso -  o carro pesa apenas 999 kg. O conceito serve para mostrar também o futuro da Lamborghini, e até que não me agradou no primeiro olhar, mas depois gostei bastante.

3º Lugar: Hyundai  i-flow Concept

O ousado conceito da ousada Hyundai mostra muito dos principais modelos da marca, por exemplo, o Sonata. Formas fluidas, como sugere o nome do carro, o tornam muito futurístico. Talvez um pouco caricato, o i-flow utiliza muitos linhas no desenho do perfil.

   

 

 ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Superesportivo 2010

McLaren MP4-12C

Não é preciso contar a história do famoso McLaren F1. Para muitos o principal automóvel da década de 1990. Foi durante muitos anos o mais rápido do mundo, mesmo quando não era mais produzido ainda. Mas ficou para a história.

Em 2006 a McLaren, em parceria com a Mercedes-Benz, lançou o classe SLR, grande esportivo que também nunca será esquecido por lutar de igual para igual com Porsche Carrera GT e Lamborghini Murciélago. Houve mais algumas versões do SLR, como a 722 Edition de 2009, a despedida número 1. Depois veio a despedida número 2, desta vez foi um SLR produzido sem a McLaren, o Mercedes SLR Stirling Moss. Não contava com o pára-brisa, e isto o tornava um carro muito bonito. Mas foi apenas uma edição limitada, e a parceria entre a McLaren e a Mercedes-Benz tinha chegado ao fim.

Agora, a McLaren pensou numa nova – e inteligente – proposta: desbancar a Ferrari 458 Italia e também o Mercedes-Benz SLS AMG, novo automóvel da marca alemã, com um esportivo diferente do F1: este não tem o objetivo de ser o mais rápido de todos os tempos, mas sim ser um grande cupê com carroceria 100% de fibra de carbono, motor V8 biturbo que produz 600 cavalos. Aí fica difícil até para o Gallardo LP570-4 Superleggera da Lamborghini. Outro rival também? Porsche 911 Turbo S, 911 GT2 RS e o Corvette ZR1. O que não faltavam eram rivais para atrapalhar o MP4-12C, nome do cupê. Porém ele conseguiu se destacar muito no meio de todas estas novidades.

O desenho é muito bonito, com faróis modernos e pára-choque com uma grade que contém espécies de “ondas”. Uma frente bonita de se ver. Já no perfil, temos duplas entradas de ar, que remetem ao F1. Os retrovisores ficaram bons, e o desenho das rodas não deixa a desejar.

A traseira é belíssima, muito bem-resolvida. Os escapamentos na área superior ficaram excelentes, e a terceira luz de freio no aerofólio também.

A McLaren não poupou nenhum esforço na fabricação deste maravilhoso esportivo, que mereceu, sem dúvidas, o título de Superesportivo de 2010.

 

 2º Lugar: Mercedes-Benz SLS AMG

O novo esportivo da Mercedes é uma atualização do 300SL Gullwing, ou “asa de gaivota”, por causa do jeito que ambas as portas dos dois carros se abrem. Teve gente que gostou do estilo, teve gente que simplesmente detestou. Eu fico no meio: gostei da frente, com capô largo, agora a traseira…

3º Lugar: Lotus Elise 2011

A Lotus, que estava dando uma de Chevrolet, com carros ultrapassadíssimos, resolveu renovar sua linha. O novo Elise ficou com a cara da Ferrari California, porém os faróis de longo alcance ajudaram a disfarçar esta impressão. Apesar de tudo, valeu a pena renovar a linha.

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Preparado 2010

 

Ford Focus ST 2011

O conceito “preparado” inclui todo carro que sofra uma alteração de seu núcleo original, seja apenas no motor ou uma reforma completa que busca maior desempenho do automóvel. A reforma pode ser feita por uma preparadora especializada, como: TechArt, Brabus, DUB, Hamann, Heffner, Hennessey, entre tantas outras; ou mesmo ser feita pela própria marca, c0mo é este caso.

A versão ST é muito tradicional no Focus, sendo que temos aqui sua terceira edição. Houve uma em 2006 e outra em 2008. Há também a conhecida versão RS, ou Rallye Sport, mais potente que a ST, porém destinada ao Rallye.

O Focus possui um motor 2.0 EcoBoost de quatro cilindros que alcança 250 cavalos. A pintura laranja foi batizada de “Tangerine Scream”.

A frente é bem dinstinta do Focus original, esta não possui a grade superior, e isto destaca ainda mais a boca. Os faróis são elegantes. As grades inferiores acrescentam o visual de corrida ao ST. Frente bonita e limpa. As rodas são muito bonitas, eu já desenhei umas bem semelhantes, até fiquei frustrado. O perfil é bem clean. A traseira possui laternas ousadas e modernas, e o escapamento fala muito alto no desenho geral. O aerofólio traseiro ficou bom.

Lugar: Ford Mustang DUB Edition

A famosa preparadora DUB fez um excelente trabalho. As grades ficaram ainda melhores que no Mustang GT original, além das rodas, que ficaram muito belas mesmo. A entrada de ar no capô está excelente

Lugar: Hamann Victory II

O Hamann é baseado no Lamborghini Gallardo LP560-4, possui motor de 580 CV que produz 58,3 mkgf de torque. A velocidade máxima é de 328 km/h. O para-choque foi trocado, não dá pra dizer que ficou melhor. O Roof Scoop no teto ficou bom. As rodas ficaram mais malvadas. Bom carro.

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Hatch 2010

Fiat Uno

Todos já conhecem a história do Mille, que demorou séculos para ser reestilizado, e que depois do sucesso que fez tornou-se um carro defasado e sem nenhum encanto. Então a Fiat lançou o novo Uno, um carro completamente remodelado. Quer saber mais? Clique aqui e veja a análise do Uno 2010.

O novo Uno é totalmente diferente do Uno Mille antigo, dele só sobrou o nome mesmo. A carroceria segue a ideia do Nissan Cube e do Kia Soul, de que ser quadrado dá um charme especial. Os faróis também seguem esta linha, assim como tudo no carro. A boca é tendência. Os nichos dos faróis de neblina ficaram bons. O perfil também é quadrado, com uma linha de cintura bastante marcada. Os retrovisores também são quadriculados. As lanterenas traseiras são estreitas, o que acrescenta altura ao desenho. Os escapamentos são bastante esportivos.

 2º Lugar: Volvo C30 T5

 

 

 

 

 

 

 

Recentemente reestilizado, o Volvo C30 só não consegue ser melhor que o Uno. Com um desenho lindo, limpo e bastante original, a marca sueca conseguiu evoluir bastante seu modelo mais conhecido.

3º Lugar: Mini Cooper S

Figurinha que arranca sorrisos na rua ou em qualquer lugar, o Mini Cooper S é um ícone instantâneo que nunca se apagará. Acho até difícil imaginar uma reestilização que supere esta edição aqui.

 

 

  

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Comente!

_______________________________________________________________________________________________________________________________

31/12/2010: Parte 2:

  • Melhor Sedan
  • Melhor SUV
  • Melhor Picape
  • Melhor desenho 2010

Não perca!!

Porsche 911 Carrera S Cabriolet 2009

24 out

(fotos lavarapido.com)

O blog, em homenagem aos 60 anos da fábrica da Porsche de Zuffenhausen, fará uma série de análises destas maravilhas que são os carros da marca de Stuttgart. O primeiro post foi sobre o 911 GT3 RS, o carro de pista da montadora alemã. Agora, temos o 911 Carrera S Cabriolet, modelo, digmamos,  mais de passeio. Mesmo assim, a esportividade, típica dos Porsche, não é nem um pouco ausente no versátil conversível.

__________________________________________________________________________________________

 Legal: rodas, interior, e a identificação “Carrera S” na traseira.
Desapontou: perfil poderia trazer algo a mais, a capota poderia ser rígida.
Em resumo: um Porsche para alegrar aquele dia ruim
 __________________________________________________________________________________________

 

A geração 997 do 911 de entrada foi restilizada em 2009, ganhando laternas traseiras muito mais bonitas e com luzes LED. A frente não sofreu muitas mudanças, apenas ficou com visual mais limpo. O motor boxer de 3,8 litros de seis cilindros produz 385 cavalos de potência, 40 a mais que o modelo Carrera Cabriolet. Pode não parecer muito forte, mas o motor, combinado com a boa relação peso/potência sempre presente nos Porsche, faz 0 a 100 km/h em 4,9 segundos (4,7 s na versão cupê). A velocidade máxima é de 302 quilômetros, muito convincente, especialmente pelo Carrera S ser um modelo conversível.

O Carrera fica mais bonito sem capota, isso é fato. A frente é um modelo padrão de todos os 911 geração 997. A entrada de ar do meio é bonita, acrescenta um sorriso legal ao carro. Os faróis são igualmente alegres, com um formato oval que não cansa os olhos. As luzes auxiliares não estragam o desenho, é mais uma parte que dá visual moderno ao Porsche. O capô tem lindo formato, muito bonito mesmo. Já as entradas de ar auxiliares são igualmente belas. Uma frente que sempre anima a quem a vê, especialmente pela sua felicidade.

O perfil acaba perdendo um pouco a personalidade marcante por causa de não haver capota. O desenho das janelas que identifica os 911 não está presente, nem mesmo com o teto de lona. Mesmo assim, a lateral não decepciona, com desenho das portas limpo e o belíssimo retrovisor. Contudo, o perfil causa a sensação de que está faltando alguma coisa.

As lanternas são belíssimas. São, sem dúvida nenhuma, o ponto mais alto do desenho do carro. O aerofólio não é fixo, como se pode ver na foto. As letras que identificam o nome do carro “Carrera S”, são sensacionais. É esta uma das coisas que mais me agrada na Porsche, esta fonte de identificação do carro. Os escapamentos são bonitos, mas poderiam ter um desenho um pouco mais ousado. A placa é abrigada por um bonito relevo. Bela traseira.

A cor, apesar de alguns não terem aprovado, é o que há de mais ousado no carro. Gostei dela.

Destaque para o desenho da roda. Muito legal mesmo. Linhas fluidas sempre dão certo. Os freios perfurados ajudam muito na aparência esportiva do Carrera S. A pinça vermelha é excelente.

 

O Porsche mais urbano também consegue se muito bonito, num nível excelente.

Notas:

Frente: 9

Perfil: 7

Traseira: 9

Cor: 9

Interior: 10

Total: 44/50

 

Porsche 911 GT3 RS 2010

23 out

(imagens topspeed.com)

A Porsche é, sem dúvida nenhuma, um dos maiores ícones do mundo, seja falando de carros, seja falando de qualquer outra coisa: a sua gloriosa e vitoriosa história é o principal fator para a construção de tão sólida imagem. Apenas a Ferrari supera a nossa querida marca alemã. Entretanto, os modelos da montadora de Stuttgart se destacam muito mais do que os da marca italiana: dê uma olhada no novo 911 GT3 RS e no seu carisma incoparável.

Legal: Perfil, lanternas traseiras… quase tudo.
Desapontou: spoiler traseiro um pouco desarmônico
Em resumo: o Porsche de corrida tem tanto carisma e beleza quanto os mais urbanos

 

A frente é uma das mais bonitas da história da Porsche. Os faróis circulares são muito bonitos, e a entrada de ar que se localiza entre eles dá um toque de carro de corrida no 911. A entrada de ar do meio, pintada de vermelho, diferencia o GT3 RS dos demais 911. As lanternas auxiliares auxiliam na harmonia do desenho. Por fim, o desenho da janela é muito bonito, assim como o adesivo “GT3 RS” no capô. A frente apresentou evolução em relação ao 997 anterior.

O perfil é, em minha opinião, a parte mais marcante da família 911. Repare no desenho da janela, no caimento do teto e em todas essas curvas. O aerofólio acaba estragando um pouco este conjunto de curvas, mas lembre-se: o GT3 RS é o modelo de pista da Porsche, e não é tão voltado ao design como o Carrera ou o Targa. As rodas são muito belas, com uma pintura sem igual. Os freios têm visual esportivo, assim como os retrovisores. O adesivo vermelho ficou legal.

O elemento que mais se destaca na traseira é o aerofólio, que nunca escapa aos olhos. É típico de carro de pista. As lanternas ficaram perfeitas após o facelift, sendo que agora integram leds. As entradas de ar são mais elementos exclusivos do GT3. Os escapamentos foram bem-desenhados. Resumindo, é uma traseira que agrada muito aos olhos.

Gostei da cor, este cinza, especialmente porque fica muito bonito acompanhado das peças vermelhas do carro.

O novo 911 GT3 RS apresentou grande evolução em relação ao seu modelo anterior, especialmente por causa da melhora da traseira.

Notas:

Frente: 9

Perfil: 10

Traseira: 9

Cor: 9

Interior: 9

Total: 46/50


Nova imagem da barra

22 out

Pessoal, aproveitando pra dar uma atualizada no blog, a imagem da barra de cabeçalho foi trocada: sai o 370z e entra o célebre Lamborghini Gallardo LP 550-2 Valentino Balboni. A foto, pelo site Coconut Photograpy, é explêndida, não? Aliás, cliquem aqui deem uma olhada neste link, com mais fotos deste belíssimo Gallardo. Aposto que vocês não se arrependerão.

Fiat Idea Essence 2011

11 set

(imagens netcarshow.com)

O novo Idea finalmente chegou! Depois de vários anos no mercado, nossa minivan finalmente recebe um facelift.

O Idea recebeu  o novo motor E.torQ(117 cv), que, como vocês já devem saber, é mais silencioso e potente.

 A frente mudou muito. Agora, se você olhar, dá pra ver que é um carro da Fiat. Os faróis altos e alongados são bonitos, lembram o Bravo ou o Punto. A frade frontal é bonita, com um toque italiano. Os filetes acrescentam belza às linhas do carro. A “boca” ficou legal. E os faróis de  neblina  novos estão bem-posicionados e com o formato ideal. As curvas no capô trazem tom mais agressivo à frente.

 

A lateral ficou quase igual. As montadores de hoje não se concentram muito nesta parte do carro, já que as partes principais e que melhor caracterizam um carro são a frente e a traseira. Enfim, mesmo sendo basicamente a mesma, o filete prateado , que representa a linha de cintura, forneceu mais apelo italiano ao carro, e é claro que estes pequenos adereços sempre caracterizam muito a Fiat. As rodas têm personalidade, e têm um desenho muito limpo e bonito. O contorno das janelas está excelente, sem exageros. As maçanetas são muito elegantes e transparentes. Uma lateral bem-resolvida e honesta.

 

A traseira pode transmitir a sensação que sofreu poucas mudanças, mas isso não é verdade. As lanternas têm lampadas LEDs, que, além de economizar mais energia, iluminam muito mais. A Fiat foi muito ousada ao adotar este tipo de tecnologia - normalmente usada apenas em carros de luxo –  mas a empresa iataliana merece aplausos, pois está auxiliando na introdução dos LEDs em carros mais populares. O formato das lanternas é mais agresssivo, mas deram certo no carro. O filete está presente em todas as partes do carro, mas sem exageros. O logo da Fiat transmite força. Os pára-lamas ficaram com formatos interessantes. O relevo do pára-choque auxilia na força do carro. Boa traseira.

 

A Fiat tem melhorado muito seus interiores, que estão cada vez  mais esportivos, mesmo que este não seja o intuito do carro. O volante está muito bonito, competindo lado a lado com os da Volkswagen. O cluster está igualmente esportivo. A alavanca de câmbio não mudou muito, mas o cromado acrescentou um bom efeito na vida a bordo. O painel central está bem-resolvido, combinando a limpeza com a simplicidade e objetividade dos instrumentos. A Fiat conseguiu evoluir o já bom interior.

O Idea tornou-se um carro muito mais competitivo, esportivo e elegante em uma tacada só.

Slideshow com fotos da versão Adventure:

Este slideshow necessita de JavaScript.

PS: As notas serão dadas daqui a pouco.

Vídeo: Lamborghini Gallardo LP570-4 x Aprilia RSV4 Superbike

15 jul

Deem uma olhada, vale a pena ver:

Vídeo Auto Express

Novidades do mercado (atualizado)

10 jul

Bom, pessoal, o mercado tem estado mais agitado, e, para falar das principais novidades, resolvi resumir um pouco o papo. Mas isto não quer dizer que deixarei de postar da boa e velha forma tradicional.

A Peugeot falou sério quando disse que o SR1 inspiraria as linhas de seus próximos carros. Algumas imagens de seu novo sedã grande, o 508, vazaram e a marca teve que anunciar oficialmente o carro. É um modelo muito bonito, elegantíssimo. A marca francesa, na minha opinião, está prestes a passar sua irmã-gêmea, a Citroën, no design. O 508 apresenta linhas muito retas, simples e lindas. A grade frontal é deslumbrante. As rodas são muito bonitas também. O 508 substituirá os defasados 407 e 607 segundo o Blog PitStop Brasil. Veja também a versão perua.

O Bentley Mulsanne não foi grande surpresa. É muito bonito, mas, se você ficar olhando pra ele, também verá que é um pouco estranho, com uma cara de peixe. Mas a elegância faz bons pontos neste carro. Bem bonita a grade frontal.

As imagens do próximo Jetta (que quase com certeza será o carro original) apresentam um modelo bem bonito, com uma grade inferior  bem ousada para a Volkswagen. A VW não vacilou nele, e tem uma jeito de carro grande que poucos automóveis conseguem impor. Se vier para o Brasil e substiuir o modelo atual, vai roubar muitos compradores do Ford Fusion.

 

Do Accord eu esperava mais. A Honda, em minha opinião, vive um dilema: o Civic, que é um carro menor que o Accord, é bem mais bonito, simples e bem-resolvido que o seu irmão maior. A grade é bem bonita, mas a boca de baixo contradiz a felicidade do carro. Para fechar, o resto do conjunto exibe visual bonito, mas parece que  o carro sofreu uma montagem. A versão cupê é mais empolgante, deem uma olhada

 

A nova V60 é belíssima, muito refinada. Observe a limpeza das linhas, e a objetividade do desenho. A boca inferior deu o toque final ao desenho. A Volvo está melhorando muito em termos de design. É so comparar a V60 antiga e dar uma olhada nesta aí de cima. E parabéns para quem escolheu a cor da perua, pois não há melhor. Este branco-gélido combina muito com a V60.

O Mondeo é basicamente um Ford com alma europeia. Não se assemelha muito aos outros modelos da marca: lembra um Volvo ou um Skoda. Possui um estilo muito elegante. A marca americana mandou bem no desenvolvimento dele. É um Focus bem maior e melhorado.

 

O Jaguar XKR 75 não é um carro novo, mas sim uma versão nova. O “75″ no nome faz alusão ao aniversário de 75 anos da marca britânica, e (adivinhe!) apenas 75 unidades serão produzidas. O conjunto inclui um motor 5.0 de 530 cavalos e promete fazer o 0-100 km/h em 4,4 segundos. O resultado final não é ruim. pois conservou muito do projeto original, que já é belíssimo. As listras ficaram boas. Um carro muito “puro”.

 

E, então, vem uma má notícia para os amantes de lendas automobilísticas: o Veyron vai acabar. Mas não fique triste! O carro vai ganhar uma versão – chamada Super Sport – para encerrar a sua produção. O motor W16 recebeu assistência e agora entrega 1200 cavalos, fazendo  0 a 100km/h em 2,5 segundos e chegando a máxima de 431,7 km/h (dados blog PitStop Brasil)!!! O nome Super Sport convence, não? Entretanto, só seram fabricados cinco carros (poderia ser menos…).

Então, o carro ganhou apliques em laranja na parte inferior de sua carroceria, até que deu certo, No mais, além do novo para-choque, é tudo 0 mesmo. Ficou legal. Um Veyron clássico e moderno ao mesmo tempo. Parabéns para a Bugatti pelo seu maravilhoso modelo!

 

As novidades seguem a tendência de que investir no design é a chave para o sucesso.

Nova enquete no ar

26 mai (netcarshow.com)

Então pessoal, nova enquete: Entre as marcas que produzem carros mais acessíveis, qual é a mais inovadora?

Meu voto vai para a Kia de Peter Schreyer, que conseguiu criar novos projetos muito interessantes, como o novo Sorento e o Soul.

Mas até que outras não decepcionam, como Ford e Fiat. Desenham carros muito bonitos também.

Confiram!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.